Por que reduzir o consumo de lactose?

intolerancia lactose

Nos dias de hoje todos nós consumimos laticínios conhecidos também de produtos lácteos. Esse consumo aumentou porque a mídia insiste em dizer apenas que eles são ricos em cálcio, um mineral essencial para a saúde de nossos ossos.

Porém, existe outra realidade escondida nesses produtos, é que laticínios podem causar uma série de problemas de saúde, o que faz muitos profissionais de saúde optarem por outras formas de consumirem cálcio.

Muita gente não sabe, mas qualquer pessoa podem ter uma certa intolerância a lactose, por exemplo, quando você toma café com leite e necessita ir no banheiro em seguida, ou come queijo e seu estômago começa a fazer barulhos “monstruosos”. Já são sinais que você deveria ficar atento.

intolerancia lactose

Confira algumas das razões pelo qual o consumo de laticínios que contem a lactose, um açúcar presente nos produtos lácteos, deveriam ser reduzidos e consumidos com moderação.

1. É altamente inflamatório

Laticínios são alimentos inflamatórios, assim como o glúten. Essas inflamações podem resultar em inchaço abdominal, gases, prisão de ventre, diarréia e outros sintomas como a presença de acne.

O que causa essa inflamação? São dois componentes presentes nos laticínios, primeiro o açúcar do leite chamado de lactose, e segundo, as proteínas do leite.

As pessoas que são intolerantes a lactose não produzem a enzima lactase que é responsável em quebrar a lactose. Algumas pessoas produzem essa enzima normalmente, mas mesmo assim apresentam reações adversas, isso acontece devido a proteína do leite chamada caseína.

A caseína tem sua estrutura bem parecida com o glúten e 50% das pessoas sensivas a glúten também são sensivas a caseína.

2. Não é alcalino

Nosso corpo gosta de manter um pH neutro, ou seja, nem muito alcalino e nem muito ácido. Produtos de origem animal, como os laticínios tendem a deixar o pH mais ácido do organismo, fazendo com que nosso corpo esteja mais propenso a doenças, gripes e resfriados, pois um corpo com o pH ácido reduz as funções imunológicas.

Lactose5

3. Muitas vezes tem hormônios e antibióticos

Se você tiver que escolher entre um leite orgânico e um outro sem o selo de orgânico, então opte pelo orgânico. Para as vacas produzirem mais leite, alguns produtores usam muitas vezes hormônios como o estrogênio (hormônio feminino) para produzir mais leite e usam antibióticos para amenizar inflamações.

O problema é que isso acaba vindo para o alimento e o excesso de hormônios estão ligados com o surgimento de tumores, cistos e até câncer. E o excesso de antibióticos também é associado ao enfraquecimento do sistema imunológico.

4. Inclua outras fontes de cálcio

Existem algumas fontes ricas em cálcio que podem lhe ajudar a consumir esse mineral essencial para a saúde dos nossos ossos. Veja alguns:

  • Amêndoas
  • Couve
  • Laranja
  • Brócolis
  • Figos
  • Espinafre
  • Sementes de gergelim
  • Tofu
  • Leites alternativos: Leite de côco, de amêndoas, ou sem lactose e etc.

Espero que esse artigo possa lhe ajudar a entender melhor que a lactose pode esta causando aquele inchaço indesejado, inflamações ou outros sintomas no seu dia-a-dia. Considere em reduzir o consumo da lactose e observar como o seu corpo reage.

Lembre-se que antes de fazer qualquer mudança radical na sua alimentação, sempre consulte um nutricionista perto de você.

Abraços e até o próximo post.

 

Referência:

National Health Service UK: http://www.nhs.uk/Conditions/lactose-intolerance/Pages/Introduction.aspx

Related Articles

Sobre o autor Veja todos os posts

Yamily Benigni

Esposa, amiga e blogueira ♥ Yamily é apaixonada por gastronomia, viagens e fotografia. Fundadora do site Emagrecer Certo com o propósito de promover a alimentação saudável, bem-estar e ajudar centenas de pessoas.

12 ComentáriosDeixe um comentário

  • Adorei o post. Realmente é essencial saber dessas informações. Vou aderir ao meu dia a dia e verficar o meu corpo como reagirá! 🙂

  • Parabéns pelo artigo! Informações valiosas a respeito da lactose que muitas pessoas não sabem. Conheço pessoas que sofrem em demasia quando consomem alguns produtos, realmente é sério. O melhor é seguir o recomendado pelo artigo e a qualquer alteração buscar um especialista. Muitas pessoas não imaginam o que as empresas que industrializam esses alimentos adotam em suas fórmulas, e a cada dia estão nos distanciando mais dos produtos naturais. Temos que ter cautela com esse consumo.

    • Obrigado, cautela nesse assunto é essencial, muita gente sente intolerância mas eles nem sabem do que se trata, é sempre bom observarmos o nosso organismo. 😉

  • Boa tarde, minha alimentação diária é pela manha um pote pequeno de coalhada com granola e um ovo cozido, almoço apenas um sanduíche com pão de caixa integral com: tomate, alface, cenoura e queijo coalho mais um pedaço de proteína pequena (galinha,ou uma salsicha). A noite… um iogurte desnatado com granola. Nunca emagreço. o que tô fazendo de errado? Comendo tão pouco assim e num perco peso.

    Minha barriga tem uma gordura dura. Não é mole e flácida não, é dura mesmo. Essa gordura dura num sai não é? E faço exercício todos os dias da semana. 30 min.de Elíptico. Sei não o que danado me engorda.

    • Oi Carlos, comer pouco não significa que você consegue emagrecer, na verdade se vc não comer o suficiente seu corpo entra em defesa e começa a estocar tudo o que você come, entra no famoso efeito platô http://emagrecercerto.com/fora-efeito-plato, considere em utilizar a calculadora aqui do blog que esta nesse link e saber quantas calorias você deveria comer para emagrecer, nunca consuma menos do que 1500 calorias. Espero ter ajudado.

  • Bom dia,gostei muito de saber mais sobre o leite.Nunca tinha lido ou pesquisado afundo sobre ele.Valeu a dica,vou prestar mais atenção nesses laticínios.Muito obrigada!!!!!!

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.